Você está pronto? O post de hoje está de derreter o coração!

Danni Suzuki é uma atriz e apresentadora de TV que escolheu o nosso hotel de selva para passar as férias e a virada de ano na companhia de seu filho Kauai. Ela já postou muitos stories e vídeos em sua conta no Instagram de cada dia no Juma Lodge e compartilhou todas as atividades que eles fizeram e as experiências que viveram no coração da Floresta Amazônica.

Agora, vamos tomar a liberdade para reproduzir aqui suas próprias palavras sobre essa viagem, para que você veja essa experiência de um hotel de selva de um ponto de vista de uma mulher/artista/mãe/hóspede 🙂

1º DIA na Floresta Amazônica

A mais bela natureza estava toda lá! Chegando no hotel já fomos recebidos com muito carinho pelos macacos. Ralf nosso apaixonante guia nos levou pra ver a maior árvore da Amazônia, a Sumaúma, onde vimos uma cabeluda aranha caranguejeira.

Experimentamos a araçá, uma frutinha vermelha gostosinha que os macacos e piranhas adoram. Vimos um festival de botos nadando ao nosso lado. E fizemos nosso primeiro passeio de barco à noite, para aprender a identificar jacarés no escuro. Esse foi nosso primeiro dia na floresta, que aconteceu dia 31 de dezembro! Minha virada foi meditando ao som da floresta coberta de estrelas. Aqui começou toda a mágica.

2º DIA na Floresta Amazônica

O amanhecer na mata é algo único mesmo. Acordei com uns gritos muito altos, tinha um enorme gavião na minha varanda! Caminhamos pela mata. Conheci as formigas repelente, pela primeira vez enfiei minha mão no formigueiro de propósito rs, comi larva do babaçu (parece um verme meio nojento mas é delicioso, gosto de côco), aprendemos a diferenciar buracos comuns a buracos de bichos. Fizemos um leque de folha de babaçu, que aliás serve pra fazer teto de casa, fogueira e comida.

Vi uma árvore que vira perfume, uma folha de Amapá que é remédio da bronquite, folha timbó que é veneno paralisante e vimos uma enorme e assustadora aranha Tarântula.

Ralf, nosso guia espetacular (muito mesmo) me trouxe um bicho Preguiça. Ele vive uns 60 anos e come apenas folhas. Ele se joga da árvore de uma altura surreal quando aparece o gavião real.

No final do dia escalamos uma árvore de castanheira, M2 nos ajudou bastante e quase conseguimos chegar até o topo! Vista maravilhosa! Muito obrigada meu Deus por tanta beleza!

3º DIA na Floresta Amazônica

Nosso terceiro dia na mata foi surpreendente! Fomos logo cedo na casa do caboclo Adriano. Que amor de pessoa! Ele mostrou como ralam a tapioca, esprememos cana de açúcar, descascamos castanha, Kauai aprendeu a usar a zarabatana e ganhou de presente um lindo Arco e flecha. Kauai ainda subiu no pé de açaí.

Ralf, nosso guia, como sempre deu uma aula de cultura da selva! Ele tem um olho biônico pra achar os bichos à longa distância. Nos mostrou a arara, tucano, cobras, pássaros variados, nos mostrou a planta anestésica jambú e muitas outros segredos da floresta. Kauai pela primeira vez pescou, como nao curto caça esportiva, pescamos para nosso próprio jantar e somente piranhas. Fizemos uma tensa caminhada noturna, um breu total… um pouco assustador! Vimos a larva que brilha no escuro, milhares de aranhas venenosas e um festival de vagalumes. Me senti na floresta do Avatar! Vimos um jacaré de 3 metros da nossa varanda! A noite foi mais emocionante do que eu esperava… amando demais o Juma Amazon Lodge!

4º DIA na Floresta Amazônica

Vimos o nascer do sol mais lindo da vida! O nosso almoço foi na mata com as piranhas que pescamos. Kauai conheceu os outros tipos de piranha, são mais de 20 espécies. Conhecemos o jacaré açu e jacaré tinga. Vimos uma Cobra verde muito rara chamada jiboia esmeralda.

Vimos ninhos de japiim, que são pássaros que fazem a simbiose com as vespas. Eles imitam também os outros pássaros para confundir o predador. E o mais lindo espetáculo da Amazônia que é o espelho d’água, que é a paisagem refletida na água de dia e de noite! Uma mágica de Deus!

5º DIA na Floresta Amazônica

O ÚLTIMO dia na FLORESTA AMAZÔNICA no Juma Amazon Lodge . Meu sentimento já é de profunda saudade e gigante gratidão! Muito obrigada Cida e Renato por tudo e por tanto carinho! Muito obrigada nosso guia maravilhoso Ralf e Robert nosso canoeiro fantástico! Amo Vocês!

Daniel, Sr. Chico, Adriano, Amanda, Jonathan, Rafael, Ivan e todos os funcionários do Juma muito obrigada! Vocês são muito cuidadosos, educados e extremamente carinhosos!

Nosso último dia, acordamos cedinho para uma remada de canoa nos Igapós. Plantamos pé de cacau na floresta. Kauai teve a alegria de jogar de futebol com as crianças nativas e tomar um bom banho de rio. Nadou ali no meio dos jacarés, piranhas, sucuri e arraias com a certeza de que estava protegido pela natureza. Kauai chorou muito no barco voltando para casa, com muita saudade já do seu melhor amigo, o macaco Nico. Parte do nosso coração ficou ali… mas logo voltaremos! Gratidão a Deus, por iniciar nosso ano de forma tão abençoada e com tanta paz! Amém!

Se você gostou deste post, compartilhe com alguém com quem você iria para a Amazônia.

Aproveite e confira também: Juma Lodge – Bangalôs maiores para acomodar toda a família

Confira as nossas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial