Blog

Saiba mais sobre a Amazônia e sobre o Juma Lodge: um hotel de selva

Ecoturismo

Cinco dias na Amazônia e lembranças para uma vida toda. A viagem da qual vamos falar hoje é diferente. Quando alguém viaja para a Amazônia e passa alguns dias em meio à floresta e à natureza podemos dizer que esse contato de alguma forma mexe com a pessoa. Diferente de muitos destinos turísticos, a Amazônia tem uma força muito grande e não há como retornar desse lugar tão especial vendo o mundo da mesma maneira como se via antes. A viagem da qual vamos falar hoje é diferente porque não foi só a Amazônia que mudou esse grupo de pessoas, mas esse grupo de pessoas também mudou a Amazônia.

Estamos falando do projeto Poliedro na Amazônia – Uma lição de vida, uma parceria entre o Colégio Poliedro, o professor de Biologia Paulo Sawaya, mais conhecido como Zezo , e o Juma Amazon Lodge.

O projeto está em sua 13ª edição e já totaliza a participação de cerca de 380 alunos que tiveram uma experiência enriquecedora e ajudaram a mudar vidas! Mas afinal como funciona o projeto?

Em 2011 o professor Zezo viajou para a Amazônia com o foco na educação ambiental, seu objetivo era “se perder” entre as florestas e aprofundar seu conhecimento sobre o ecossistema da floresta amazônica e sua biodiversidade, até aí nenhuma surpresa partindo de um biólogo, não é verdade? Porém, ao visitar comunidades ribeirinhas e indígenas da região ele não pôde evitar se sentir sensibilizado pela questão social. Ao observar essas comunidades ele percebeu necessidades e carências que poderiam ser diferentes e diminuídas se ele fizesse alguma coisa. E foi assim que esse projeto foi criado, à partir da observação e sensibilidade de um professor que encara a questão social como responsabilidade de todos.

O professor e os alunos do Colégio Poliedro conseguiram reunir nada mais nada menos que 4 toneladas de doações durante o período de 3 meses para a expedição deste ano. Entre as doações estão: roupas (femininas, masculinas, para crianças e bebês) sapatos, brinquedos, livros e material escolar que ajudaram cerca de 400 pessoas, principalmente mulheres, crianças e bebês. Mais do que conseguir as doações, os alunos têm papel fundamental nessa transformação, eles seguem para a Amazônia e participam de todo o processo conhecendo de perto a realidade das pessoas que eles estão ajudando.

Este ano a viagem contou com 36 alunos, 2 pais e, é claro, o professor Zezo. Foram 5 dias de imersão na Amazônia. O caráter educacional não fica de lado, com o professor Zezo junto ao professor e geógrafo Robsom  Magri os alunos tiveram aulas de botânica na floresta, de geografia nos rios, de climatologia e da influência da ação humana em nosso meio ambiente. Assim fica muito mais fácil aprender, não é?

Além das aulas que fazem parte do currículo escolar os alunos passaram um dia em uma comunidade indígena e outro em uma comunidade ribeirinha para aprender sobre seus costumes, hábitos de higiene, como vivem… é um momento de muita troca e enriquecimento cultural.

E onde entra o Juma nessa parceria? O Juma é bastante respeitado localmente pelo trabalho sustentável e ecológico que desenvolve desde o seu início e tem passaporte livre e credibilidade entre as comunidades ribeirinhas. Sendo assim é o hotel que faz a triagem de quem serão os beneficiados pelo projeto e o que eles estão precisando. Se precisam de mais roupas de mulher do que de homem, se precisam de mais sapatos ou brinquedos, e o que é necessário de material escolar. Nas fotos vocês podem observar os alunos com a camiseta do hotel pois é assim que todos, alunos e comunidade, podem identificar esse projeto sério que está sendo realizado.

Parabéns ao professor Zezo e ao Colégio Poliedro por esta iniciativa tão importante e bonita, contem sempre com o Juma Amazon Lodge!

Agora confira mais fotos que o professor dividiu conosco. Para saber mais acesse: www.zezobio.com.

Por Ariana Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *